SEO e UX – Um Casamento Perfeito

2
2596

Experiência do Usuário, termo muito utilizado por desenvolvedores e designers, vem sendo utilizado cada vez mais como ferramenta para atrair, converter e fidelizar usuários através de estratégias de SEO.

Em minhas aulas de UX é impossível não falar que a experiência com seu site/app vem antes do acesso ao produro. Ela começa logo quando o usuário nota que precisa de alguma coisa, e este primeiro contado é vital para suas metas. Ai que entra o SEO para ajudar.

SEO trata da Experiência do Usuário

SEO e User Experiênce (UX) são quase sinônimos. Na verdade, não dá para falar de um sem tocar no outro. Pois coisas que melhoram a experiência do usuário em seu site, melhoram o SEO; e coisas que melhoram o SEO, ajudam muito a experiência do usuário.

Como assim?

SEO poderia ser definido como: entregar o conteúdo certo para os certos.

Para entregar aos “usuários certos” o conteúdo “certo”, você precisa criar uma uma estratégia que una estes dois elementos. Muitos dos profissionais de UX focam na interface com o usuário, arquitetura da informação, tipo de fonte, tamanho das imagens e outros elementos visualizados pelo usuário para tentar fazer isto.

Já o SEO foca quase no mesmo, porém ele não foca somente no que o usuário vê, e sim foca no que usuário quer e em sua conversão.

SEO entende e foca na real intenção do usuário, que é definida já quando ele digita sua pesquisa no Google, Bing, Yahoo etc. Na maioria das vezes, ele segue uma das três intensões abaixo:

  1. 1| O usuário quer comprar algo – busca de transação
  2. 2| O usuário quer saber alguma coisa – busca de informação
  3. 3| O usuário quer ir para algum lugar – busca de navegação

O grande desafio para os novos profissionais de SEO é entender como conseguir mostrar seu conteúdo para o usuário certo, e como ele vai interagir com este conteúdo.

Algumas dicas para o usuário encontrar seu conteúdo:

  • Sitemaps em HTML são uma ótima alternativa para os crawlers, além de ajudar os usuários a se localizar e navegar entre o conteúdo local.
  • Elementos de navegação como breadcrumbs (um rastro que mostra o caminho para o usuário como: home / categoria / produto) é muito usado por certos usuários, além de gerar links internos para seu conteúdo. Um grande diferencial para o SEO.
  • Textos são uma parte vital para um bom SEO. Criar uma estratégia diferenciada com base na cauda longa para suas palavras-chave vão ajudar na obtenção significativa de tráfego orgânico.

Resumindo, não adianta ter um site lindo se a forma que o conteúdo está disposto não atende as necessidades dos usuários (UX) ou não permite com que estes encontrem seu conteúdo por meio de buscas que levarão até você (SEO).

Curtiu? Compartilhe em sua rede!

2 COMENTÁRIOS

  1. Oi Carlos, faltou explicar como é que o Google entende que um site tem uma boa experiência de usuário. Pode falar um pouquinho mais sobre isso?

    • Oi Vanessa, tudo bem?
      Uma boa experiência compreende nos requisitos que fazem o usuário consumir ou interagir mais com o seu site. Seja com um conteúdo de qualidade, com fotos e espaçamento entre os parágrafos, site responsivo e leve para carregar com perfeição no mobile, links que navegam para outras postagens semelhantes, calls to action na página ou formulários de contato/orçamento diretamente no post.
      Espero ter ajudado. Abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here